Cenouras oferecem uma impressionante variedade de vitaminas e minerais

 - 

Cenoura - vitaminas e minerais

As cenouras estão entre as hortaliças mais reconhecidas no mundo moderno. Certamente têm um lugar na cultura popular, em grande parte graças à sua representação como a comida favorita de coelhos.

Mas essa popularidade não é o motivo pelo qual você precisa de cenouras em sua dieta – esses deliciosos vegetais também estão entre os mais saudáveis ​​do mundo, contendo alguns dos melhores perfis nutricionais que aumentam a saúde que você pode encontrar nos alimentos.

Cenouras são consideradas uma grande fonte de vitaminas, minerais, antioxidantes e outros fitoquímicos que os tornam uma parte essencial de qualquer dieta saudável.

Embora você possa estar familiarizado apenas com cenouras alaranjadas, o vegetal realmente vem em uma ampla gama de cores.

O que é realmente fascinante é que a cor da cenoura lhe dá uma ideia de quais nutrientes ela tem maior concentração.

Cenoura laranja – O tipo mais comum de cenoura é rica em carotenoides, o mesmo químico natural que dá às plantas a cor vermelha e amarela. Cenouras laranjas contêm altas concentrações de betacaroteno, que o corpo converte em vitamina A.

Esta vitamina é importante para a saúde da pele e dos olhos , funcionamento adequado das membranas mucosas e um forte sistema imunológico.

Cenoura amarela – Este tipo de cenoura não contém tanto betacaroteno como sua parente alaranjada, mas tem altos níveis de pigmento luteína.

Este nutriente é encontrado em altas concentrações na mácula do olho, onde funciona junto com a Zeaxantina para absorver a luz azul do ambiente, protegendo os olhos da cegueira causada pela degeneração macular.

Cenouras vermelhas – Embora contenham quantidades moderadas de luteína e betacaroteno, as cenouras vermelhas são excelentes em seu teor de licopeno.

O licopeno é um antioxidante notável por sua capacidade de protegê-lo do câncer e danos causados ​​pelo sol, bem como melhorar a saúde do seu coração.

O licopeno também possui potentes propriedades anti-inflamatórias. As cenouras vermelhas têm tanto licopeno quanto os tomates, tornando-as entre as melhores fontes naturais desse nutriente.

Cenouras roxas – Ao contrário dos três tipos de cenoura citados acima, as cenouras roxas obtêm sua cor não de carotenoides, mas de antocianinas.

São pigmentos vegetais que promovem a saúde do coração e do cérebro e protegem contra inflamações crônicas, infecções virais e câncer.

Cenouras brancas – Este tipo de cenoura tem concentrações muito baixas dos pigmentos vegetais encontrados em seus parentes profundamente coloridos. No entanto, tem níveis superiores de potássio, um nutriente essencial para o bom funcionamento do organismo.

O potássio relaxa os vasos sanguíneos e reduz a pressão sanguínea durante o processo, tornando-o extremamente importante para um coração saudável. Também ajuda a manter músculos e ossos saudáveis.

Em geral, as cenouras fazem um ótimo complemento para qualquer dieta por causa de seu teor mínimo de calorias, uma xícara de cenoura crua contêm apenas 52 calorias.

A mesma porção tem em quantidades insignificantes de gordura. As cenouras têm uma classificação de 47 no índice glicêmico , mas uma carga glicêmica de apenas três.

A carga glicêmica leva em conta o conteúdo de carboidratos e fibras, tornando-o um modo muito mais preciso de determinar o impacto dos alimentos nos níveis de açúcar no sangue. As cenouras são, portanto, consideradas boas para os diabéticos.

As cenouras também são uma boa fonte dos seguintes nutrientes:

  • Vitamina B1, B3, B6 e B9
  • Vitamina C
  • Vitamina K
  • Manganês
  • Molibdênio
  • Fósforo
  • Magnésio
  • Fibra dietética

Algumas palavras de cautela: As cenouras são altamente pigmentadas.

Devido a isso, comer grandes quantidades delas pode causar um efeito colateral menor chamado carotenemia, em que a pele fica com uma coloração amarelada. Geralmente ocorre em bebês cujo alimento para bebês contém purê de cenoura.

A carotenemia é temporária e, eventualmente, diminui à medida que o corpo elimina o excesso de betacaroteno.

Fontes:

http://cms.herbalgram.org/heg/volume11/12December/December2014FaMcarrots.html?ts=1541217950&signature=a7471aa0ac0110dfb3b0bd65db2cc76a

https://www.medicalnewstoday.com/articles/252758.php

https://www.allaboutvision.com/nutrition/lutein.htm

https://mentesacorposao.com


Morango → Conheça seus principais benefícios!

 - 

Benefícios do morangoO morango é um das frutas mais nutritivas e gostosas que existe. Ele é usado há séculos como ingrediente base para o preparo de receitas.

Ele é muito conhecido devido sua alta concentração de antioxidantes que previnem diversas doenças e garante uma boa manutenção para a saúde.

E para quem deseja um estilo de vida saudável precisa acrescentar o morango em suas refeições.

Além disso, o morango é um ótimo estimulante sexual e pode ser introduzido em receitas afrodisíacas para aumentar a libido.

Previnem doenças cardiovasculares

Morango fortalece a saúde cardiovascular

O consumo regular de morango contribui uma melhor saúde cardiovascular, isso é possível devido a antocianinas que atua como antioxidante que evitam possíveis danos causados pelo excesso de radicais livres.

Além disso, esse antioxidante diminui o nível de inflamação dos tecidos e, de quebra, diminui os níveis de colesterol ruim e triglicerídeos. Com isso evita-se o acúmulo de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos, diminuindo o risco de ataques cardíacos.

Melhora o humor

Comer morango pode te deixar de bom humor. Isso acontece por que a fruta é rica em vitamina B que é um nutriente que ajuda na produção de células vermelhas do sangue e dos nervos.

Baixos níveis de vitamina B podem causar fadiga, diminuir o raciocínio e ainda causar paranoia, que pode desencadear a depressão.

Os nutrientes do morango também faz aumentar a produção de serotonina no corpo. A serotonina é chamado de hormônio do bem-estar. Níveis baixos de serotonina pode causar insônia, mau humor, aumento da ansiedade e declínio cognitivo.

Melhora a saúde e aparência da pele

Por sua composição nutricional e alto teor de água, o morango é uma das melhores aliadas para manter a pele bonita e saudável.

Além disso, devido sua alta concentração de antioxidantes a fruta promove a eliminação das toxinas que aceleram o processo de envelhecimento e, ao mesmo tempo, diminui os desequilíbrios no pH cutâneo.

Devido seu poder de prevenir o envelhecimento precoce da pele, muitas empresas usam o morango em cremes e máscaras para esfoliar, clarear e dar um aspecto suave.

Anti-inflamatório natural

No geral, as frutas vermelhas, como o morango, são úteis para diminuir o nível de inflamação graças ao seu teor de vitamina C, minerais essenciais e antioxidantes.

A vitamina C do morango se comporta como uma controladora eficiente quando o assunto é o combate dos radicais livres e processos inflamatórios.

Ela ajuda o organismo a prevenir a formação de tumores, o surgimento de problemas cardiovasculares, infecções e edemas nas articulações.

O fato é que a vitamina C do morango elimina completamente os vilões e ainda preserva a integridade dos tecidos.

Melhora a saúde dos olhos

Morango melhora a saúde da pele

O morango contém dois antioxidantes importantíssimos para a saúde do olho. Esses dois antioxidantes são a luteína e zeaxantina.

Esses dois antioxidantes criam um filtro contra os raios solares e as toxinas, diminuindo as probabilidades de desenvolver cataratas ou degeneração macular, que é a principal causa de cegueira em idosos.

Portanto, se você busca prevenir ao máximo essa doença, coma morangos! 😉

Melhora as funções cerebrais

Outro ótimo benefício de consumir morangos é que ele melhora as funções cerebrais como o foco, concentração, memória, entre outros.

Isso é possível devido os flavonoides contidos na fruta que são inibidores do estresse oxidativo.

Além disso, os flavonoides presentes no morango diminui o risco de deterioração cognitiva e pode até prevenir transtornos neurodegenerativos.

Receitas com morango

O vídeo abaixo mostra um sorvete fit de morango. Veja:

Já no vídeo abaixo é mostrado como fazer uma panqueca com morango. Excelente para comer em dietas com pouca calorias.

Se você busca um delicioso bolo integral. Você precisa assistir ao vídeo abaixo que mostra fazer um de morango. Veja:


Alimentos que aumentam a libido

 - 

Alimentos que aumentam a libido

Se você está sem vontade de fazer sexo é por que você precisa consumir os alimentos afrodisíacos que aumentam naturalmente a sua libido e melhora seu desempenho sexual.

É falta de libido afeta muitas pessoas atualmente, o estresse, depressão, ansiedade e o uso de certos medicamentos são as principais causas para esse mal que pode destruir sua vida amorosa.

No entanto, antes de tomar o Azulzinho ou algum outro medicamento, entenda que há diversos alimentos que quando consumidos regularmente promove o aumento da libido e melhora drasticamente seu desempenho sexual.

Quais alimentos são esses?

Melancia e morango são ótimos estimulantes sexuaisO primeiro alimento da lista é o abacate que é um importante alimento rico em nutrientes e gorduras saudáveis que estimulam o apetite sexual e fornece a energia necessária para fazer um delicioso amor.

Alguns alimentos têm o poder de estimular a circulação sanguínea, quando isso acontece, mais sangue chega as partes íntimas aumentando a libido.

Além disso, quando há um aumento da circulação nos homens, mais sangue chega ao seu pênis, fazendo o mesmo ficar mais ereto e ter ereções mais potentes e fortes. Já nas mulheres, o sangue extra nas partes íntimas contribui para a lubrificação vaginal e para uma maior excitação.

Alguns alimentos que podem contribuir para a circulação é a pimenta, gengibre, canela e açafrão. Nesse artigo é falado sobre esses alimentos.

Não podemos esquecer da melancia, já que ela melhora o fluxo sanguíneo. Com isso, todas as partes do corpo que recebem sangue ficam mais vivas (e a região genital é altamente vascularizada). Melancias também são uma boa fonte de antioxidantes, o que melhora a saúde geral e o bem-estar, tornando seu sexo mais participativo e saudável.

O cacau em pó ou chocolate amargo também pode ser um ótimo alimento para aumentar a libido, já que ele aumenta os níveis de dopamina e serotonina no cérebro, também conhecidos como neurotransmissores da felicidade.

O chá-verde é outro importante aliado no aumento da libido. Isso se deve por que a bebida é rica em compostos chamados de catequinas, que matam os radicais livres que danificam e inflamam os vasos sanguíneos, aumentando sua capacidade de transportar sangue.

As sementes de abóbora também são ótimas para o aumento da libido, já que elas possuem zinco, proteínas, fibras, potássio e ferro. Todos esses nutrientes são importantes para o aumento dos hormônios sexuais como a testosterona.

Muitos estão se falando da maca peruana que é uma raiz conhecida como “ginseng dos Andes” ou “viagra dos incas”. Já foi comprovado que seu consumo melhora o fluxo sanguíneo na zona pélvica de homens e mulheres. Seu consumo também promove a mobilidade dos espermatozódes e do volume seminal, auxiliando no tratamento de infertilidade.

Alguns outros alimentos que ajudam no aumento da libido são:

  • Ostras
  • Leite
  • Vinho tinto
  • Fígado de boi
  • Caviar
  • Banana
  • Limão
  • Batata doce
  • Café
  • Nozes
  • Folhas verdes
  • Atum
  • Salmão
  • Sardinha
  • Aveia

Vídeos relacionados

Para complementar com esse artigo, veja os dois vídeos abaixo que fala sobre a falta de libido.

In Dicas

Como aumentar a circulação sanguínea? Veja aqui!

 - 

Ter uma boa circulação sanguínea é muito importante para que o corpo evite problemas como celulite, colesterol alto, varizes, fadiga, resistência a insulina, entre outros problemas.

A má circulação sanguínea também pode causar a impotência sexual, um dos problemas sexuais que mais afetam os homens atualmente. Isso acontece porque a má circulação reduz o fluxo sanguíneo para o pênis, com isso ele não consegue manter ou ter uma ereção potente.

Além disso, ter uma boa circulação sanguínea é ótimo para quem busca como aumentar o pênis rapidamente, pois quando mais sangue chega ao pênis, mais ereto ele ficará e com isso seu tamanho pode aumentar.

E a melhor maneira de combater a má circulação é através de uma alimentação rica em vitaminas e minerais essenciais.

Sendo assim, selecionamos alguns alimentos que não devem faltar em sua alimentação para aumentar a circulação. Confira.

1- Ômega-3

Ômega-3Presente principalmente nos peixes, o ômega-3 é um tipo de gordura insaturada essencial ao corpo humano, pois ele não consegue sintetizar.

O ômega-3 melhora a circulação do sangue porque evita a formação de coágulos e de depósitos de gordura (aterosclerose) no sangue, aumentando sua fluidez.

Devido evitar a formação de coágulos e de gordura no sangue, o ômega-3 ajuda proteger o coração e evita o aumento do colesterol ruim.

Além disso, esse nutriente é um anti-inflamatório natural, ou seja, seu consumo libera pouco insulina no sangue, o que significa um melhor controle de glicemia e a redução no risco de aparecimento de diabetes tipo 2.

Alimentos ricos em ômega-3:

  • Todos os tipos de peixes (salmão, tilápia, sardinha, atum, etc);
  • Semente de chia;
  • Semente de linhaça.

2- Vitamina C

Vitamina CA vitamina C é muito importante para melhorar a circulação. Isso porque ela ajuda fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos impedindo os radicais livres de comprometer sua resistência.

Além disso, a vitamina ajuda reduzir a fragilidade e o extravasamento de sangue nos vasos. A vitamina C ainda pode evitar o acúmulo de gordura no sangue e fortalece as veias.

Além de melhorar a circulação sanguínea, a vitamina C aumenta o sistema imunológico, diminuindo o risco de gripes e resfriados. Porem, esse benefício ocorre mais significativamente a longo prazo, com o consumo regular de níveis ideais da vitamina.

Alimentos ricos em vitamina C:

  • Pimentão;
  • Laranja;
  • Limão;
  • Kiwi;
  • Morango;
  • Mamão papaia;
  • Goiaba;
  • Manga;
  • Brócolis;
  • Melão.

3- Excesso de Glúten

GlútenO glúten em excesso pode trazer grandes problemas para a sua saúde. Seu excesso pode prejudicar a circulação, especialmente para o cérebro.

Atualmente, muitas pessoas são intolerantes ao glúten, isso acontece por que o organismo não consegue fazer a quebra da proteína, ou seja, não conseguem digeri-la. O glúten altera as vilosidades do intestino delgado, parte do corpo responsável pela absorção dos alimentos que nós consumimos.

Caso você não sabe, o glúten nada mais é que uma proteína encontrada no trigo, cevada, aveia e centeio.

Apesar de atrapalhar a circulação sanguínea, tirar o glúten da dieta pode não ser uma boa alternativa.

Afinal, o nutriente é uma boa fonte de proteína vegetal. E boa parte dos alimentos com glúten são cereais e cereais integrais podem ser ótimos alimentos para manter o peso e a saúde.

Por isso, caso você não seja intolerante, não é preciso tirar o glúten da alimentação, a única precaução é não consumi-lo em excesso. Por isso, prefira consumir mais farinhas de arroz, quinoa ou banana-verde e fécula de batata no preparo de pães e bolachas.

Além disso, muitos alimentos industrializados são ricos em glúten e gorduras trans. Duas substâncias que quando consumidas sempre, podem trazer sérios problemas a saúde como o aumento do colesterol, obesidade, diabetes tipo 2, etc.

In Dicas